Portugal Inovação Social destina 1 milhão de euros para revitalizar o Pinhal Interior - XXI Governo - República Portuguesa

Comunicados

2019-01-09 às 14h16

Portugal Inovação Social destina 1 milhão de euros para revitalizar o Pinhal Interior

O Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, a Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, e o Secretário de Estado da Valorização do Interior, João Paulo Catarino, irão participar no próximo dia 11 de janeiro pelas 15h00 na Casa da Cultura de Alvaiázere, na cerimónia de apresentação do concurso de financiamento de projetos de inovação social do Pinhal Interior.

O concurso, lançado no âmbito da Iniciativa Portugal Inovação Social e do Programa de Revitalização do Pinhal Interior, irá destinar 1 milhão de euros a projetos de inovação social que contribuam para a revitalização dos 19 municípios abrangidos por este programa, e que foram afetados particularmente pelos incêndios de 2017: Alvaiázere, Ansião, Arganil, Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos, Góis, Pedrógão Grande, Lousã, Mação, Miranda do Corvo, Oleiros, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penela, Proença-a-Nova, Sertã, Tábua, Vila de Rei e Vila Nova de Poiares.

O concurso tem como objetivo intensificar o esforço de desenvolvimento destes territórios, incentivando a criação e implementação de iniciativas de inovação e empreendedorismo social. Estas iniciativas devem testar e implementar soluções inovadoras e replicáveis, que visem a resolução e mitigação de problemas sociais nas áreas do envelhecimento, saúde, educação, justiça, proteção social, inclusão e emprego. Serão igualmente financiadas a criação de incubadoras de inovação social.

O instrumento de financiamento utilizado no presente concurso é o das Parcerias para o Impacto onde 70% do valor total de investimento é assegurado pelo Fundo Social Europeu e pelo Orçamento de Estado através do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego. Os restantes 30% de investimento devem ser assegurados por um ou vários investidores sociais - públicos ou privados.

Podem constituir-se como beneficiários as entidades privadas, as entidades da economia social como associações, IPSS, Fundações, cooperativas, misericórdias, e mutualidades, bem como associações e fundações públicas.

O concurso abriu oficialmente no passado dia 8 de janeiro e o período de candidaturas terminará no dia 28 de fevereiro de 2019.

Até à data, a Portugal Inovação Social aprovou 225 projetos nas regiões do Norte, Centro, Alentejo e Algarve, num total de 30,7 milhões de euros. Os projetos apoiados foram aprovados no âmbito dos 6 concursos realizados ao abrigo dos instrumentos de financiamento Capacitação para o Investimento Social, Parcerias para o Impacto e Títulos de Impacto Social.

Consulte o programa em anexo.