Candidaturas para apoio técnico e financeiro a organizações não-governamentais LGBTI encerram a 30 de setembro - XXI Governo - República Portuguesa

Comunicados

2018-09-10 às 15h26

Candidaturas para apoio técnico e financeiro a organizações não-governamentais LGBTI encerram a 30 de setembro

Estão abertas, até dia 30 de setembro, as candidaturas para apoio a atividades de organizações não-governamentais LGBTI. Será atribuído um montante total de 50 mil euros, prevendo-se um valor máximo de 8 mil Euros para cada candidatura.

"É um reconhecimento do trabalho fundamental que as organizações LGBTI já desenvolvem e uma afirmação clara de que a igualdade plena só é possível com a participação ativa da sociedade civil", indica a Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro.

As atividades poderão consistir no apoio direto a pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo, elaboração de materiais para profissionais, ações de formação ou sensibilização, estudos e investigações científicas, entre outras.

Em comparação com o ano passado, as principais novidades deste ano são que o concurso se destina exclusivamente a organizações não-governamentais LGBTI e o montante total a atribuir aumentou de 30 mil para 50 mil euros.

«Este apoio contribuirá para a capacitação das próprias organizações e para um reforço das suas respostas às experiências e necessidades específicas da população LGBTI», conclui Rosa Monteiro.

A Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não Discriminação – Portugal + Igual (2018-2030) integra três Planos de Ação, um dos quais é o Plano de Ação de Combate à Discriminação em Razão da Orientação Sexual, Identidade e Expressão de Género, e Características Sexuais 2018-2021.

Mais informações sobre as candidaturas no website da CIG – Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (aqui).
Tags:
igualdade