2012-01-04 às 17:32

GOVERNO CONTINUA A EXPLORAR POSSIBILIDADES PARA ESTALEIROS DE VIANA DO CASTELO

O Ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, recebeu a Comissão de Trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC), para fazer um ponto da situação das negociações em curso, que possam evitar o desmantelamento da empresa.

No final da reunião, o Ministro afirmou o seu empenho em «encontrar uma solução sustentável para os Estaleiros», acrescentando que «não se toma uma decisão de encerramento sem se esgotarem todas as possibilidades de negociação», sobretudo quando está em causa «a vida de 600 pessoas».

Em comunicado o Ministro da Defesa Nacional afirma que «no passado dia 2 de julho de 2011 o Ministério da Defesa Nacional decidiu suspender o desmantelamento dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo.

Em agosto, o Ministério da Defesa Nacional mandatou a nova administração da Empordef para que fosse encontrada uma solução que evitasse esse desmantelamento e encerramento dos ENVC.

Nos últimos cinco meses foram estabelecidos dezenas de contactos e negociações, tendo em vista encontrar uma solução que salvaguardasse, prioritariamente, o interesse da maioria dos trabalhadores e a viabilização dos ENVC.

Até à data não foi materializada nenhuma proposta que salvaguardasse esses interesses.

No seguimento da reunião com a comissão de trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo o Ministério da Defesa Nacional informa:

1. A Administração da Empordef deu conhecimento ao Ministério da Defesa Nacional que foi encontrada uma solução para a regularização dos salários referente ao mês de dezembro.

2. Não será tomada nenhuma decisão de encerramento dos Estaleiros de Viana do Castelo até que se esgotem todas as possibilidades negociais, ainda em curso.

3. No caso de encerramento dos Estaleiros de Viana do Castelo o acionista Estado assumirá as responsabilidades financeiras inerentes e previstas na lei, salvaguardando os direitos dos trabalhadores.»

Tags: defesa nacional, empresas, mar

QUERO SABER MAIS

CONTACTOS

Entrar em contacto  

LINKS RÁPIDOS