2017-03-17 às 12:14

NOVA PRESTAÇÃO SOCIAL PARA A INCLUSÃO E NOVO MODELO DE APOIO À VIDA INDEPENDENTE COM SESSÕES PÚBLICAS DE ESCLARECIMENTO

Lisboa, Porto e Coimbra são as três cidades onde decorrerão as sessões públicas de esclarecimento sobre a nova Prestação Social para a Inclusão e sobre o novo Modelo de Apoio à Vida Independente.

Abertas a todos os interessados, instituições da sociedade civil e organizações da área da deficiência, nestas sessões vão estar presentes o Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social,José António Vieira da Silva, e da Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes.

A primeira sessão está agendada para dia 20 de março, entre as 14h30 e as 16h30, no auditório da Citeforma, em Lisboa.

A segunda sessão está agendada para dia 24 de março, a partir das 10 horas, na sala 17 de abril do departamento de matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.

A terceira sessão está agendada também para dia 24 de março, a partir das 15h30, nos Paços do Concelho, no Porto.

Promoção da inclusão é um objetivo estratégico

A construção de uma sociedade mais igual é um desígnio maior do Governo, porque só uma sociedade inclusiva tem condições de concretizar todo o seu potencial. Desta forma, a promoção da inclusão das pessoas com deficiência ou incapacidade é um objetivo estratégico, para o qual contribuem as medidas inovadoras Modelo de Apoio à Vida Independente e Prestação Social para a Inclusão.

O Modelo de Apoio à Vida Independente traduz-se na disponibilização de assistência pessoal em atividades de vida diária e de participação definidas pela pessoa com deficiência, contando com o apoio de retaguarda de centros de Apoio à Vida Independente. Será uma medida que se configurará em projetos-piloto entre 2017 e 2020.

A Prestação Social para a Inclusão das pessoas com deficiência ou incapacidade visa a melhoria da proteção social, a promoção do combate à pobreza e o incentivo à participação laboral e à autonomização destes cidadãos e cidadãs. Enquadrada no processo de reformulação das prestações sociais na área da deficiência, a sua implementação será faseada entre 2017 e 2019.

Tags: deficientes, inclusão social, solidariedade, pobreza, trabalho

INTERVENÇÕES

DOCUMENTOS

COMUNICADOS

CONTACTOS

Entrar em contacto