Inovação Social, 18 julho 2017
 
2017-07-18 às 18:41

REGIÃO NORTE LIDERA PROMOÇÃO DO EMPREENDEDORISMO NO PAÍS

A Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Mauel Leitão Marques, afirmou que «a região Norte, e a área metropolitana do Porto em particular, estão na liderança da promoção do empreendedorismo e da inovação social no País», no encerramento do fórum de empreendedorismo social, no Porto.

Referindo-se aos resultados do último ano dos instrumentos de financiamento geridos pela Portugal-Inovação Social, a Ministra referiu que, «no programa de capacitação, encerrámos, no final de junho, o primeiro aviso, com 168 candidaturas e uma procura de financiamento de 7,8 milhões de euros, que excede em larga medida os 3 milhões de euros que tínhamos disponíveis».

O Governo está já «a trabalhar na abertura de um novo aviso, para dar resposta a esta procura o mais depressa possível», acrescentou Maria Manuel Leitão Marques, sublinhando que quase «50% destas candidaturas tiveram origem na região Norte, em concreto, na área metropolitana do Porto».

«Nas parcerias para o impacto, foram já aprovados 35 projetos, num total de 7 milhões de euros», dos quais «60% tiveram origem na região Norte, metade na área metropolitana do Porto», disse também a Ministra.

Quanto aos títulos de impacto social, que visam implementar a medição de resultados e o pagamento em função destes, ainda não funcionam como é pretendido, mas serão simplificados de forma a que isso seja possível.

Novas questões sociais

Maria Manuel Leitão Marques referiu as três principais áreas da sociedade que precisam de respostas inovadoras a nível social:

«Em primeiro lugar, problemas como o envelhecimento da população e o isolamento dos idosos», afirmou a Ministra, destacando o projeto «Cuidar de quem cuida», de Santa Maria da Feira.

«Em segundo lugar, o desemprego», disse Maria Manuel Leitão Marques, que - apesar de apresentar a melhor taxa desde 2008 (9,4%) - carece de respostas, de que é exemplo o projeto «Escola Oficina», de Vila Nova de Gaia.

«Em terceiro lugar, a área da saúde mental, onde gostaria de destacar projetos como o 'Why School', de Vale de Cambra, que «visa capacitar educadores para a compreensão de doenças nesta área», afirmou a Ministra, «de forma a acelerar o diagnóstico e reduzir o estigma social» sobre as pessoas afetadas.

Referindo-se à vasta área abrangida pela inovação social, Maria Manuel Leitão Marques destacou dois projetos - No poupar está o ganho e Topa-me - em que o primeiro atua na área da literacia financeira para jovens, enquanto o segundo visa promover a poupança de combustível nas embarcações pesqueiras.

Papel da administração local

«Para construir este ecossistema, o papel dos municípios, comunidades intermunicipais, e áreas metropolitanas - como governos de proximidade - é crucial», afirmou a Ministra.

Sublinhando a ação levada a cabo pela área metropolitana do Porto, Maria Manuel Leitão Marques concluiu, elencando as suas principais tarefas:

  • Priorização da capacitação de projetos e empreendedores;
  • Estabelecimento de parcerias promotoras do saber-fazer;
  • Partilha de exemplos e percursos de aprendizagem;
  • Criação de um espaço de divulgação de projetos para que empreendedores e potenciais investidores se encontrem.

 

Foto: Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, no fórum de empreendedorismo social, Porto, 18 julho 2017

Tags: empreendedorismo, inovação, modernização administrativa

INTERVENÇÕES

DOCUMENTOS

COMUNICADOS

VOLTA SIMPLEX

CONTACTOS

Entrar em contacto  

QUERO SABER MAIS