Ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques
 
2017-03-13 às 20:03

«O FUNDAMENTAL É APOSTAR NA QUALIFICAÇÃO DAS PESSOAS E DO TERRITÓRIO»

«O Programa Nacional de Reformas é o Norte deste Governo», afirmou o Ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, acrescentando que o Programa «não pretende tratar só do que é urgente, mas ser um caminho a longo prazo para que haja competitividade e coesão em Portugal».

Estas declarações foram feitas no primeiro encontro do ciclo de debates sobre o Programa Nacional de Reformas, dedicado ao tema da Reabilitação Urbana e Mobilidade Sustentável, em Sintra.

«O fundamental é apostar na qualificação das pessoas e do território», sublinhou o Ministro, referindo que o Governo «tem um resultado global positivo do arranque do Programa Nacional de reformas, com a esmagadora maioria das medidas que tínhamos perspetivado já em execução».

Maior competitividade e coesão social

Com o objetivo de aumentar a competitividade, «o Governo apresentou o programa Qualifica, o lançamento dos manuais escolares gratuitos para as crianças do primeiro ciclo, o alargamento do pré-escolar, o programa Interface, o arranque do programa Simplex e o programa de Capitalizar», lembrou Pedro Marques.

No âmbito da coesão social, «o Governo apostou na reposição de rendimentos, pensões e prestações sociais», referiu ainda o Ministro.

«Em 2016, o investimento das empresas exportadoras foi três vezes superior ao investimento como um todo na economia. Temos um crescimento de 20% no investimento das empresas exportadoras como resultado de uma aposta na inovação, em particular no setor industrial», concluiu.

Tags: #pnr2016, formação, coesão, território, reabilitação urbana, sustentabilidade, competitividade

INTERVENÇÕES

DOCUMENTOS

COMUNICADOS

CONTACTOS

Entrar em contacto