Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira
 
2017-05-19 às 15:49

COMBATE AO DESPERDÍCIO ALIMENTAR COMEÇA ENTRE OS ALUNOS DAS ESCOLAS

O Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira, participou na primeira edição do Dia Nacional da Agricultura na Escola.

Trata-se de uma iniciativa organizada pela Confederação dos Agricultores de Portugal e pelo Fórum Estudante em parceria com a Direção-Geral de Educação e o Instituto Politécnico de Bragança que envolveu a participação de 214 escolas de todo o País.

Luís Vieira apelou aos jovens que ajudem a combater o desperdício alimentar, lembrando que «30% dos produtos acabam por ser desperdiçados pelos mais diversos motivos, o que equivale a 170 kg de alimentos por pessoa e por ano».

«Retomar hábitos alimentares saudáveis»

O Secretário de Estado lembrou ainda a necessidade de «retomar hábitos alimentares saudáveis, designadamente de consumir mais alimentos ligados à Dieta Mediterrânica, cujo abandono por parte da nossa população tem tido consequências ao nível da saúde, que se traduzem numa aumento dramático do número de casos de diabetes, hipertensão e obesidade».

Luís Vieira disse que é importante retomar a Dieta Mediterrânica, consumindo sobretudo produtos nacionais «que estão a ser produzidos com grande qualidade e sobre os quais incide esta intolerável taxa de desperdício que queremos combater».

«Este combate só pode ser travado com a vossa ajuda, tendo em conta que esta é a nova geração de agricultores e de consumidores», disse ainda.

Luís Vieira afirmou ter consciência de que «esta é uma geração muito desperta para a importância da sustentabilidade, motivo pelo qual todos estes elementos de que falámos têm de estar ligados e têm de ser geridos em conjunto».

O Secretário de Estado referiu também a agricultura biológica, lembrando que «a produção em modo biológico está ao alcance de todos e por pequena que seja a experiência, é sempre gratificante acompanhar o processo de nascimento e crescimento de uma planta até que ela se converta numa alimento capaz de nos sustentar».

Tags: alimentação, saúde, escolas

INTERVENÇÕES

DOCUMENTOS

COMUNICADOS

CONTACTOS

Entrar em contacto